7 de jan de 2014

Répteis


RR
Répteis
    

Palavras são
algo ofídios
algo répteis
(serpentes se deslocam
nas areias
escaldantes
do meu deserto

lagartos
com seus dentes pontiagudos
e olhos de predador
me fitam silenciosos).

Palavras vão
ecoam e pulsam.
Latidos cortam
a noite implacável
 – a noite que me abraça
e onde me perco
(água turva
solidão).
Palavras não.

 

Nenhum comentário: